Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Como Hermione

Como Hermione

Playlist de maio

27.05.22 | A Miúda

    Para quem acompanha, o mês de maio é marcado pelo festival da Eurovisão. Por isso, como não podia deixar de ser, a playlist deste mês é dedicada às minhas canções favoritas que estiveram a concurso no festival deste ano.

 

Livros Que Todos Deveriam Ler

20.05.22 | A Miúda

     Não é raro encontrar por aí listas e mais listas do género: "30 livros para ler antes dos 30",  "100 livros que todos deveriam ler antes de morrer" ou "10 livros que não vai conseguir largar". Hoje sou eu que trago uma lista dessas e incluo 3 livros que acho que todos deveriam ler. São eles:

                                    1. Todos aqueles;

                                    2. Que nos;

                                    3. Apetecer ler!

 

(COPY) Dimensões personalizadas 600x450 px (1).jp

     Vou confessar, eu adoro todo o tipo de listas, incluindo as mencionadas em cima, porque são sempre uma forma de descobrir novos livros e autores desconhecidos e, por vezes, abrem a curiosidade para géneros literários que não são necessariamente os nossos favoritos ou que simplesmente não conhecemos. Mas, ao mesmo tempo, não fazem qualquer sentido.

     A literatura é uma forma de arte e, por isso, é algo muito pessoal. Quando duas pessoas olham para uma pintura, ouvem uma música ou lêem um livro, por exemplo, cada uma terá opiniões diferentes sobre o mesmo tema: cada uma verá algo diferente na mesma pintura, sentirá algo diferente quando ouve a mesma música e descobrirá mensagens diferentes na mesma história. O facto da literatura ser algo tão pessoal significa, também, que não partilhamos todos do mesmo gosto: cada um de nós tem um género literário predileto; alguns adoram clássicos, outros preferem histórias mais contemporâneas; uns optam por ler ficção (histórias inventadas), outros têm na não-ficção (histórias reais) a sua leitura de eleição; e a lista continua.

 

     Resumindo, estas listas são ótimas para descobrir novas leituras, mas não olhem para elas a pensar que têm a obrigação de ler todos aqueles livros. A leitura, como qualquer outro passatempo, é uma atividade que nos deve dar prazer, independentemente de lermos um romance ou sobre um apocalipse zombie. Se olharmos para ela como uma obrigação, acabamos por deixar de sentir vontade de pegar num livro e de mergulharmos num sem-fim de universos mais ou menos mágicos que estão à distância de apenas uma página! E isso seria uma grande pena...

 

     Boas leituras! 

 

Do velho fazer novo

13.05.22 | A Miúda

     Aparentemente, a compra de artigos em segunda mão tem vindo a ganhar cada vez mais popularidade, com anúncios quase constantes nos meios de comunicação e a existência de cada vez mais plataformas de venda. Os livros não ficam de fora desta tendência.

 

     Falando num caso geral, a compra de artigos usados tem vantagens e desvantagens não só para quem compra como também para quem vende. Das vantagens mais óbvias, para além destes artigos serem mais baratos, são mais “amigos do ambiente”, uma vez que têm menos impactos negativos no meio natural, seja associados ao processo de fabrico (para produzir um produto novo) seja associados ao processo de descarte (recolha, decomposição, etc). No fundo, é trazer para a realidade o conceito de economia circular.

 

     Há uns tempos saiu uma notícia, partilhada em vários meios de comunicação, que falava de um estudo que avaliava os hábitos de leitura dos portugueses e que dava conta de que, em 2020, a maioria da população não leu 1 único livro. Existem várias razões para os números partilhados neste estudo, sendo as mais populares, talvez, a falta de tempo e o preço atual dos livros. 

 

     Para quem tem o preço dos livros como principal entrave à leitura, para quem quer aumentar a sua coleção literária de forma mais económica ou para quem quer alimentar este hábito mas com menos impactos no planeta, por exemplo, deixo hoje uma lista de lugares onde podem encontrar livros em segunda mão. Se conhecerem algum que não esteja na lista, partilhem-no nos comentários!

 

(COPY) Dimensões personalizadas 600x450 px.jpeg

 

   Alfarrabistas

     Neste site encontram uma lista de alguns dos alfarrabistas que existem em Portugal, separados por distrito. 

     Alfarrabistas são pessoas que compram e vendem livros antigos e/ou usados e visitar estes espaços pode-se tornar numa verdadeira caça ao tesouro, uma vez que, por vezes, conseguimos encontrar verdadeiras preciosidades (livros ou edições mais raros)! 

 

   Sites especializados

     Um site que visito sempre quando ando à procura de algum livro é o TradeStories. “Nasceu” em 2020, em plena pandemia de Covid-19, e permite a qualquer pessoa vender os livros que já não quer e comprar outros a preços bastante reduzidos. Os preços são estabelecidos pelos vendedores, daí que o mesmo livro possa ter preços diferentes.

 

     Também algumas livrarias online, como é o caso da Wook e da Fnac, por exemplo, têm a opção de comprar pelo marketplace. Isto é, permitem comprar a outros leitores, em segunda mão, um pouco à semelhança do que acontece no TradeStories. No entanto, nunca utilizei esta opção, por isso, não sei como funciona.

 

     Ainda como alternativa, existe também, por exemplo, a Livraria Solidária de Carnide. Esta livraria tem loja online com livros cujos preços variam entre 1 e 5 €. Os valores angariados revertem para o desenvolvimento de atividades culturais desenvolvidas pela Boutique da Cultura, uma associação cultural sem fins lucrativos situada em Lisboa.

 

   Sites generalistas

     Sites como o OLX, Custo Justo, Facebook Marketplace ou outros, também dispõem de uma “ala” dedicada à literatura. 

 

     Muitos destes sites permitem um contacto "ao vivo" entre vendedor e comprador, mas se preferirem fazer as compras exclusivamente online, deixo aqui algumas dicas:

               1.  Existem muitas páginas online de venda de artigos e muitos vendedores anónimos, mas tanto uns como outros nem sempre são confiáveis. Tentem fazer uma pesquisa prévia sobre determinada página antes de comprarem e leiam sempre os comentários sobre determinado vendedor;

               2. Muitas vezes, existem vendedores online que se disponibilizam para entregar os produtos em mãos, dentro de determinada zona geográfica, e que permitem pagar em dinheiro, em vez de transferência;

               3. Antes de uma compra, peçam imagens do produto. Por vezes, quando estou interessada num livro, por exemplo, e num site só está disponível 1 imagem dele, tento entrar em contacto com o vendedor para pedir mais imagens para perceber melhor o estado daquilo que vou comprar;

               4. Desconfiem sempre dos vendedores que fazem muita pressão em vender determinado produto.

 

Boas leituras 

 

Resenha Literária: Sensibilidade e Bom Senso

06.05.22 | A Miúda

Dimensões personalizadas 600x450 px.jpeg

 

     Desde que li o meu primeiro livro de Jane Austen, Orgulho e Preconceito, que fiquei com grande vontade de descobrir mais obras desta autora. Sensibilidade e Bom Senso foi o segundo livro que li dela e, não sei o que se passou, mas tal como aconteceu com o primeiro, fiquei agarrada à história logo desde as primeiras páginas, de tal forma que quando terminei de o ler, não me conseguia concentrar em mais nenhum livro. É a isso que se chama "ressaca literária"? 

 

- Breve sinopse -

     Marianne e Elinor são as protagonistas desta história, duas irmãs bastante diferentes. Mariane, a mais nova, é a mais sentimental, a que age por impulso e a que vive a vida com mais intensidade. Elinor, mais velha, é mais racional, ponderada e reservada. Apesar daquilo que as separa, estas duas irmãs são bastante unidas e têm algo em comum: um coração sujeito a amores e a desamores que as obriga a encontrar o equilíbrio entre a sensibilidade e o bom senso.

 

- Opinião -

     De uma maneira geral, esta foi uma leitura agradável do início ao fim. 

     Jane Austen viveu entre os séculos XVIII e XIX, e nos seus livros podemos encontrar críticas à sociedade da época, aos seus preconceitos e valores, críticas essas que, ainda que tenham sido escritas há tanto tempo, algumas permanecem atuais. 

     A escrita desta autora caracteriza-se pela sua leveza e boa disposição. Apesar de serem, na sua grande maioria, romances, ao contrário do que acontece, em especial, nos romances contemporâneos, nada acontece de forma imediata. Cada etapa da vida de uma personagem tem um momento próprio e esse momento não é forçado. Além disso, as personagens são construídas de forma a torná-las quase reais aos olhos do leitor. Isto é, facilmente caímos na tentação de julgar as personagens, de as odiar ou amar, como se se tratasse de alguém que encontramos na rua.

 

     Neste livro, a personagem que eu mais gostei de conhecer é alguém que, apesar de desempenhar um papel secundário nesta história, não deixa de ser menos importante que as protagonistas. Estou a falar da Sra. Jennings. Utilizando uma expressão que é usada na minha terra, a Sra Jennings é “uma bela peça”. É uma das personagens mais velhas desta história mas, ao mesmo tempo, é das mais jovens. Isto porque está sempre bem disposta e a brincar com quem estiver por perto; tem sempre uma palavra simpática para com todos e, cuidado com o que se diz perto dela, porque esta senhora adora um bom mexerico! Ao criar uma personagem tão bem disposta quanto a Sra. Jennings, por vezes, pode acontecer de essa personagem se tornar um pouco “palhaça” ou inconveniente. É verdade que esta alegre senhora pode ser, por vezes, inconveniente, mas também é verdade que sabe ser séria e deixar os mexericos de parte quando a ocasião assim o pede. 

 

- Recomendo? -

     Claro que sim! Apaixonei-me por Jane Austen assim que li o meu primeiro livro, por isso sim, ela faz parte da minha lista de recomendações! Recomendo, em especial, a alguém que esteja à procura de uma leitura mais leve e/ou para quem gosta de um bom romance.

1 ano de vida!!

03.05.22 | A Miúda

1 ano de ComoHermione.png

     Hoje venho aqui, fora do horário habitual, porque este é um dia especial. Há 1 ano, surgia este cantinho literário, um bocado ao acaso, sem grandes planos, sem grandes certezas do que viria a ser!

 

     A ideia para criar esta página surgiu um pouco do stress dos últimos 2 anos. Com o início da pandemia e do confinamento, acho que todos nós, de certa forma, fomos procurando novas maneiras de ocupar o tempo e de nos distrair-mos. No meu caso, aliada à pandemia e ao que ela trouxe, tinha ainda a pressão da faculdade, que estava na reta final. 

     Os livros sempre estiveram por perto, desde que me lembro de ser gente. Com a entrada na faculdade e com as viagens semanais intermináveis de comboio, os livros foram tomando cada vez mais espaço na minha vida e o gosto pela leitura foi crescendo. Entretanto, chegou 2021 e eu descobri duas coisas que me fizeram acreditar que o gosto pela leitura não é exclusivo da minha parte e que, criar uma página com este tema não seria tempo desperdiçado. Estou a falar de uma outra página da sapolândia, intitulada Desafio de Escrita, que, basicamente, a cada 15 dias lançava uma frase e, quem quisesse participar, tinha de desenvolver um texto com essa frase; desafios de escrita criativa, portanto. A minha segunda descoberta foi nas redes sociais, onde existe uma grande comunidade de "livrólicos". Coloquei a expressão entre-aspas porque não sei se ela existe ou não, mas, resumindo, esta comunidade é formada por amantes de livros que partilham qualquer conteúdo possível e imaginável sobre aquilo que vão lendo.

 

     Em relação ao nome, foi uma (enorme) dor de cabeça. Dos meus favoritos, a grande maioria já estava a ser utilizada. "Como Hermione" não foi a minha escolha imediata e até hoje, ainda tenho dúvidas sobre ele, apesar de até fazer sentido! A Emma Watson é uma das minhas celebridades favoritas. Esta atriz, faça ela o que fizer, estará eternamente associada a uma personagem que fez e que se chamava Hermione Granger, da saga Harry Potter, uma das minhas de eleição. Em 2017, interpretou Belle, no filme A Bela e o Monstro. Tanto estas personagens como a atriz que lhes deu vida, são leitoras ávidas, capazes de devorar cada livro que lhes apareça à frente. Sendo esta uma página dedicada aos livros, nada mais a propósito, não acham?

 

     E enfim, o cantinho surgiu e, entretanto, já faz 1 ano! O tempo passou rápido! Durante este percurso, muita coisa foi mudando e aprendi muito mas, acima de tudo, conheci muitas pessoas simpáticas que transbordam criatividade! 

 

     Hoje é dia de festa!!! 🥳

 

     Até sexta, com nova resenha! 

     P.S. Esta página tem conteúdo novo, semanalmente, às sextas. Se quiserem acompanhar o que vai acontecendo nos outros dias, vão até ao instagram, lá há conteúdo novo todas as segundas, quartas e sextas.